Quarta-feira, Junho 07, 2006

Saudação do Sindicato da Função Pública

SAUDAÇÃO

A Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública saúda, na pessoa do colega João Freire, todos os bolseiros que lutam contra as condições de trabalho que lhes estão a ser impostas nos organismos de investigação científica do Estado, decorrentes de uma política governamental que visa a destruição dos laboratórios do Estado e a sua privatização.

A situação do bolseiro João Freire é a mais evidente consequência da forma como o Governo pretende sujeitar os trabalhadores da função pública em geral e os bolseiros em particular, à precariedade de emprego e, até, salarial.

Ao João Freire terão que se juntar todos os bolseiros ao serviço do Estado e que de uma forma ou de outra, estão sujeitos a esta aviltante situação de exploração.

A Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública sempre defendeu, de forma muito veemente, que os bolseiros que desempenhem funções que correspondem a necessidades permanentes do serviço, cumprem horários de trabalho e têm subordinação hierárquica, devem ver o seu vínculo regularizado, através da sua integração nos quadros de pessoal.

É por este objectivo que os bolseiros se devem bater.

É com eles que estamos solidários.

Lisboa, 7 de Junho de 2006