Domingo, Junho 11, 2006

Alguns comentários no PortugalDiário

Li no artigo que ha gente na condicao de Bolseiros ha 10 anos ....
Sera uma nova carreira profissional?
A situacao e preocupante, mas vamos la ver, somos um Pais sem dinheiro que tem de ter prioridades.
Lembram-se da Maria Antonieta/Franca?
Sim, a tal que dizia ao Povo: Teem fome? Comam bolos...
Pois...ficou sem cabeca...

<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>>>

Francamente já é demais , temos estádios novos, a selecção está no mundial , mas o que é que ésta gente quer mais ? o dinheiro não pode chegar para tudo.

<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>>>

se calhar nao tem dinheiro porque o gastaram a desviar uma estrada por causa de 6 ou 7 lobos(20 milhões).

Abraços solidários a todos osinvestigadores centificos nesta situação.

<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>>>

O problema é que o poder vigente preocupa-se muito e faz grande alarido das dividas dos contribuintes , mas não dá ele próprio o exemplo pagando as suas dividas.Certamente que para viagens e mordomias de quem pouco ou nada faz, há sempre dinheiro.

<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>>>

Como é que hão de pagar as Bolsas de Estudo se têm que ter dinheiro para pagar as REFORMAS dos Ex colegas de governo, que é muito mais importante.
Vocês, Srs. Bolseiros, são jovens e têm tempo para receber o vosso dinheiro.
Sejam compreensivos Srs. Bolseiros

<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>>>

Força João: é de facto incrivel que deixem com prioridade baixa pagar o sustento mensal a jovens investigadores portugueses.

<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>>>

e se estás no Porto não faças para baixo faz antes para cima e vais ver que em pouco tempo te safas melhor.
Viva lá Espanha

<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>>>

Diz um representante do Ministério da Agricultura,
"que as bolsas em atraso, irão ser pagas até ao dia 21 de Junho".
Quer dizer, este srº João Freire, já não recebe o ordenado da bolsa, há já três meses.
Há três meses que anda a trabalhar à borla.
Será que Joâo Freire só come de três em três meses?
Os indivíduos do Ministério da Agricultura, falam de barriga cheia.
Gastam o dinheiro tão mal gasto! Com coisas supérfulas.
Mas como tem o "deles" certinho, querem lá saber de quem precisa do mínimo para sobreviver?
Infelizmente o que se está a passar com João Freire, é o exemplo de muitos e muitos casos, que se passam neste pobre País.
Neste espaço à beira mar plantado, só está bom é para os vigaristas.